Fundação Cultural Cassiano Ricardo

O Museu do Folclore de São José dos Campos realiza no primeiro domingo de abril (3), das 14h às 17h, mais uma edição do Projeto Museu Vivo, com as presenças de representantes da cultura popular regional: Maria Luiza da Cruz, Maria José Oliveira e o Trio da Roça, formado por Ricardo Roberto dos Santos, João Silva dos Santos e Miguel Fernandes Faria. Eles vão mostrar seus saberes no artesanato, na culinária e na música, respectivamente.

Maria Luiza da Cruz nasceu na zona rural de São José dos Campos e ainda hoje mora na periferia da cidade. Com 65 anos, ela conserva o modo de vida da roça de sua infância, criando galinhas, usando o pilão, o fogão de lenha, receitas antigas e fazendo todo tipo de artesanato de taquara. No domingo ela vai mostrar como utiliza sacolinhas de plástico para fazer tapetes.

Na culinária, Maria José Oliveira, mineira de Brasópolis, vai mostrar como fazer bolinho frito de polvilho. Ela conta que só de ficar observando sua mãe preparar a iguaria aprendeu a fazer. “Naquela época o bolinho era alimento obrigatório no café da manhã e na lida do campo.

Formado pelos irmãos Ricardo Roberto dos Santos (o Carlinhos, como é conhecido) e João Silva dos Santos, nascidos em Paraibuna (SP), mais o amigo Miguel Fernandes Faria, natural de Natividade da Serra, o Trio da Roça vai mostrar um pouco da música caipira regional. Eles têm histórias bastante interessantes que mostram a ligação com a cultura popular do Vale do Paraíba. 

O Projeto Museu Vivo é uma realização da Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR) e Museu do Folclore de São José dos Campos, com gestão do Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP). No dia 17 de abril está prevista a realização de mais uma edição do projeto.

Museu do Folclore: Avenida Olivo Gomes, 100, Parque da Cidade, Santana. Informações: 3924-7318.

Programação


 

Links