Fundação Cultural Cassiano Ricardo


Exposição retorna com uma nova expografia e novos trabalhos. / Foto: Divulgação.

Museu reabre exposição temporária Território de Sonhos e Lembranças

O Museu do Folclore de São José dos Campos reabre, neste domingo (26), às 15h30, a exposição temporária ‘Território de Sonhos e Lembranças’, com bordados da artesã e artista popular Therezinha Mariano Pinheiro. A exposição foi inaugurada no dia 1º de março do ano passado, mas, por conta da pandemia, só pode ser vista presencialmente até o dia 17 daquele mês.

A exposição chegou a ganhar um formato virtual e, agora, será reaberta com uma nova expografia e novos trabalhos. “Não seria justo privar o público de poder apreciar trabalhos tão significativos, além de ser um reconhecimento e respeito à autora”, afirma a museóloga Mariana Boujadi. “Estou muito satisfeita pela exposição ser reaberta”, diz Therezinha Mariano.

No mesmo dia, o museu realizará mais uma edição do projeto Museu Vivo, desta vez de forma híbrida, tendo como atração a própria Therezinha Mariano. Além de poder interagir com o público presente, a artesã também participará de um bate-papo virtual com a pesquisadora Tiane Tessaroto, com transmissão pelo Facebook.

A mostra ainda integra a programação do Museu do Folclore na 15ª Primavera de Museus, que também tem atividades (virtuais) nos dias 21 e 22. Neste ano, o tema do evento é ‘Museus: perdas e recomeços’, numa alusão às consequências negativas provocadas pela pandemia na área museológica.

 

Lembranças da infância

Os trabalhos feitos por Therezinha são bordados que ela faz a partir de desenhos que retratam lembranças da infância, da época que viveu na zona rural da sua cidade natal, onde tinha contato com a natureza e a vida selvagem. O bordado ela aprendeu com a mãe e suas irmãs mais velhas. 

Dona Thereza da Pousada do Vale, como é conhecida no bairro onde mora, em São José dos Campos, é natural de Itapetininga (SP) e tem 77 anos. Veio para São José aos 19 anos, depois de se casar. Aqui formou sua família e vive hoje na companhia de filhos, netos e nora. Apesar de ter estudado até o terceiro ano primário em escola rural, aprendeu a desenhar e a escrever contos sobre os desenhos que fazia.

 

Reaberta

O Museu do Folclore foi reaberto no último dia 21 e aos sábados e domingos receberá o público no horário de sempre, das 14h às 17h. E a partir deste domingo, além da exposição permanente, as pessoas também poderão apreciar a exposição temporária. De segunda a sexta, o horário de visita é das 9h às 17h.

A gestão do Museu do Folclore é feita pelo CECP (Centro de Estudos da Cultura Popular), organização da sociedade civil sem fins lucrativos, fundada em agosto de 1998.

 

Museu do Folclore de SJC

Av. Olivo Gomes, 100, Santana (Parque da Cidade)

(12) 3924-7318 – www.museudofolclore.org

 

Publicado em: 24/09/2021

Relatório de Gestão

Programação

Links